Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vamos falar de... Bla bla bla

Vamos falar de... Bla bla bla

03
Jan20

Vamos falar de...Desafio dos Pássaros #16

Sobre a vida adulta: Ainda não entendi o que é para fazer


Bla bla bla

Desde tenra idade que sempre soube o que queria fazer quando fosse grande.

Tracei o meu percurso escolar com vista nesse objetivo ainda que não fosse necessário já que à anos que a média para esse curso roçava o negativo.

Mas para mim o suficiente nunca foi suficiente, e por isso sempre me esforcei por ser a melhor.

 

A primeira vez que disse a uma pessoa, que exercia essa mesma profissão, que ia tirar o curso para fazer o mesmo que ela respondeu-me que era o pior erro que ia cometer na minha vida.

Ainda hoje recordo essas palavras tão quentes que me queimam.

Com a arrogância da adolescência odeia-a por isso e forcei-me por acreditar que ela só o havia dito com medo que a superasse e lhe roubasse o lugar.

Mas no fundo sabia que não.

 

Já no curso tive de me conformar com as evidências e admitir que não tinha sido uma boa escolha. Mudei de área. Uma volta de 360º porque se fosse menos que isso não ia suportar a semelhança. Ou fazia aquilo que sempre quis ou fazia algo totalmente diferente.

 

E assim foi.

Anos passaram e fui evoluindo no trabalho. Devagar. Mas fui crescendo. Até que dei por mim apaixonada.

A adrenalina que o trabalho me dava era tanta, tinha tanta fome, tanta gana e paixão, que comecei a roubar tempo à família para trabalhar. Quem corre por gosto não cansa. Até um dia.

 

Até o dia em que te dizem Calma! Tenho aqui  algo para ti completamente diferente. O oposto. E mais uma vez eu aceitei e dei outra volta. 180º.

 

 

Se pudesse escolher faria o que sempre desejei desde criança.

Na realidade, não podia estar mais longe.

Mas dou por mim a sentir que estou exatamente onde devia estar.

E mesmo que ainda não tenha entendido o que é suposto fazer em todos os aspetos da minha vida tento focar-me neste principio: aconteceu porque tinha de ser.

 

Tem de acontecer, porque tem de ser
E o que tem de ser tem muita força
E sei que vai ser, porque tem de ser
Se é p'ra acontecer, pois, que seja agora

Seja agora, Deolinda

 

 

Bla bla bla

 

 

13 comentários

Comentar post