Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vamos falar de... Bla bla bla

Vamos falar de... Bla bla bla

02
Jan20

Vamos falar de...As Esquinas do Tempo, Rosa Lobato Faria


Bla bla bla

esquinas.jpg

 

Assim que vi neste post que a imsilva tinha lido o As Esquinas do Tempo por minha influência agarrei-me logo a relê-lo e, como me acontece sempre com os livros desta escritora, fiquei agarrada a ele durante três curtos dias até o terminar.

Acho que a imsilva ainda não ficou  convencida mas eu fiquei siderada.

 

Não sei se isto me acontece porque me identifico com a escritora, com as personagens, com os sentimentos e emoções que ela traduz.

Ou quem sabe, nalguma esquina do tempo as nossas vidas se tenham cruzado...

 

A sinopse é bastante explicita.

No livro por vezes há saltos, no tempo e nas personagens, que podem confundir os leitores menos acostumados a este método de escrita alucinado da Rosinha.

O final para mim é arrebatador, demente.

 

 

Há por aí fins do Matrix? Esta é uma versão portuguesa e romanceada de realidades alternativas, saltos no tempo, vidas trocadas, que é ficção obviamente mas... será mesmo? Ou nós é que escolhemos o comprimido azul ao invés do vermelho. (Não liguem, a alucionada aqui sou eu!)

 

 

Sinopse

"Quando Margarida chegou à Casa da Azenha teve aquela sensação, não desconhecida mas sempre inquietante, de já ter estado ali."

Margarida é uma jovem professora de Matemática. Um dia vai a Vila Real proferir uma palestra e fica hospedada num turismo de habitação, casa antiga muitíssimo bem conservada e onde, no seu quarto, está dependurado o retrato a óleo de um homem que se parece muito com Miguel, a sua recente paixão.
Por um inexplicável mistério, na manhã seguinte Margarida acorda cem anos atrás, no seio da sua antiga família.
Sem perder consciência de quem é, ela odeia esta partida do tempo. Mas aos poucos vai-se adaptando. Conhece o homem do quadro e apaixona-se por ele. Quando ele morre num acidente, Margarida regressa ao presente.

Romance simultaneamente poético e fantástico, As Esquinas do Tempo é mais uma prova do indesmentível talento literário de Rosa Lobato de Faria.

 

 

Bla bla bla

2 comentários

Comentar post