Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vamos falar de... Bla bla bla

Vamos falar de... Bla bla bla

29
Nov19

Vamos falar de...Vencedor do passatempo

A Maldição do Marquês de Tiago Rebelo


Bla bla bla

 

Imagino que a esta hora já estejam todos em pulgas para saberem quem foi o feliz contemplado do passatempo para ganhar o livro A Maldição do Marquês do Tiago Rebelo.

 

Não digam que não que eu bem sei que sim, as visualizações neste meu tasco mão enganam e estão ao rubro...

 

Pois bem...

 

Desta vez o vencedor foi alguém aqui do charco... e não foi um qualquer... Isto é um passatempo de topo, até a realeza concorre!

 

Não estão a ver quem foi? Raisparta! 

 

 

Pronto eu digo!

 

 

Foi o nº 53!

53.png

 

Não sabem qual o vosso número??? Pffff....

 

 

Eis quem ficou com o 53:

 

resposta 53.png

 

 

Se era da realeza só podia ser a Marquesa de Marvila, num é minha gente?!

 

 

Cara Marquesa, queira por favor entrar em contacto comigo para o email vamosfalarde.sapo@sapo.pt os dados (Nome, Morada e Código Postal) para que possa enviar o  livro para o seu palacete, bale?!  Ou então convide-me para um cházinho no solar para lho entregar pessoalmente!  

 

 

Bla bla bla

 

28
Nov19

Vamos falar de...Pré Black Friday

Livro grátis!!!!


Bla bla bla

 

Eu sei que já estão pelos cabelos com isto mas hoje é o ÚLTIMO DIA para se inscreverem e não podia deixar de relembrar.

 

Se querem ganhar o livro A Maldição do Marquês de Tiago Rebelo só têm de ir a este post aqui e deixar um comentário nesse post a dizer "Eu quero o livro A Maldição do Marquês do Tiago Rebelo oferecido pela Bla e pela Asa/Leya".

 

 

maldiçao.jpg

 

 

Neste momento são 80 os inscritos: 43 bloggers e 37 leitores. Ainda assim continuo a acalentar a esperança de que até ao final do dia de hoje se inscrevam as 20 pessoas que faltam para chegar aos tão almejados  3 dígitos com 100 inscritos e assim obrigar o Triptofano a fazer o desafio proposto! 

 

 

Bla bla bla

 

 

21
Nov19

Vamos falar de...passatempo (outra vez!)

A Maldição do Marquês do Tiago Rebelo


Bla bla bla

 

 

Não querendo ser chata (mas já estando a ser) relembro:

  • que está a decorrer passatempo!
  • que o passatempo é para se habilitarem a ganhar o novo livro A Maldição do Marquês do Tiago Rebelo;
  • que para se habilitarem a esta oferta só tem de ir a este post aqui e deixar o seguinte comentário "Eu quero o livro A Maldição do Marquês do Tiago Rebelo oferecido pela Bla e pela Asa/Leya";
  • que até o Triptofano se dignou a apoiar-me nesta parceria e fez um post espetacular sobre isso aqui;
  • que se se chegar aos 100 participantes o Triptofano vai compremeteu-se a "fazer e a partilhar nas redes sociais um desafio que a comunidade tenha em consenso decidido que eu era merecedor de realizar!"
  • que neste momento estão 71 inscritos pelo que só faltam 29!
  • que tem até dia 28 de Novembro para se inscreverem (faltam 7 dias!).

 

maldiçao.jpg

 

 

Do que é que estão à espera?!?

Ide!

 

Bla bla bla

 

 

P.S.: O livro está a ser muiiiiiiito bom! Mas oportunamente escreverei sobre isso

 

12
Nov19

Vamos falar de...feed da vencedora de Passatempo

Devo-te a Felicidade, Sophie Kinsella


Bla bla bla

Lembram-se de no passatempo de Setembro ter oferecido este livro?

 

felicidade.jpg

 

Não? Bem o link de participação está aqui e aqui está a divulgação da vencedora. Foi o nº 11, a Patrícia Marques.

 

A Patrícia já leu o livro e muito simpaticamente acedeu a partilhar a sua opinião connosco. Curiosos?! Cá vai!

 

 

devo-te.jpg

 

 

"Adoro os livros da Sophia Kinsella e, mal soube que ia sair o "Devo-te a felicidade", acrescentei-o logo à minha "lista de desejos".

Como a autora já nos habituou, esta é uma leitura leve, perfeita para descontrair depois de um dia de trabalho.

Logo de início fiquei presa ao livro por me identificar imediatamente com a protagonista: também eu tenho a mania de limpar, reparar e colocar tudo no seu devido lugar. É impossível não largar umas boas gargalhadas com algumas situações e pensar “oh, meu deus, eu faria exatamente a mesma coisa!”.

Por outro lado, a empatia que criamos com a Fixie às vezes fica um pouco tremida: como é que é possível ela ser tão "fraca" e deixar que todos a tratem mal? Pensamos: como é possível os irmãos serem tão egocêntricos? E aquele "amigo" Ryan, que é completamente intragável?? Confesso que, às vezes, ficava irritada com as personagens e com vontade de abanar a Fixie e dizer-lhe "Reage!!!". Embora pareça que são personalidades detestáveis, percebemos que também existem pessoas assim na vida real...

E depois apareceu o Sebastian... Chegou um momento em que toda aquela troca de favores me pareceu um pouco exagerada e pensei "a sério? Quando é que eles começam a relacionar-se sem ser com base naquele cartão?". Mas a autora entendeu que aquelas voltas todas eram necessárias para o desenvolvimento da história e das próprias personagens... E acabei por lhe dar uma certa razão. É muito bom ver a evolução da Fixie que, a partir de determinado momento, compreende o quão forte é, começa a reagir e toma as rédeas de todas as situações.

Gostei muito do final, de ver o rumo da história depois da mudança de atitude da Fixie e, consequentemente, das personagens que a rodeiam...

Em suma, não terá sido dos melhores livros que li da Sophie Kinsella mas não desiludiu: uma história leve e divertida, com personagens que nos tocam e com quem criamos empatia e, claro, com um final feliz (quem não gosta de um final feliz?).

 

Muito obrigada, Bla bla bla, pela oportunidade de ler mais um livro desta autora tão querida.

Beijinhos e tudo de bom,

Patrícia Marques"

 

Patrícia Marques.jpg

 

 

 

Gostaram?!

Também querem?

Este já foi!

Mas até ao dia 28 deste mês podem habilitar-se neste passatempo aqui ao novo livro do Tiago Rebelo A Maldição do Marquês.

 

 

#Patrícia Marques, uma vez mais obrigada pela tua participação e fico muito contente que tenhas gostado

 

 

Bla bla bla

 

31
Out19

Vamos falar de...Novo Passatempo!!!

Oferta de Livro: A Maldição do Marquês de Tiago Rebelo


Bla bla bla

 

Sempre querem um livro?

Grátis!?!

Sim, a partir de hoje já se podem inscrever no passatempo!

 

Desta vez a Leya/Asa presenteiam-nos com o novíssimo livro A Maldição do Marquês de Tiago Rebelo.

 

nv maldição.png

 

Confesso que este livro me chamou muito atenção porque sempre tive um fascínio mórbido pela história do Marquês de Pombal e dos Távora; tive a oportunidade de estudar o tema um bocadinho mais a fundo na faculdade e portanto estou curiosa por ver qual das teorias este escritor optou por seguir.

 

 

Ao longo do mês de Novembro vou falar sobre este livro e escritor, para relembrar os mais distraídos que está a decorrer este passatempo, para vos dar o meu feed sobre a leitura e, quem sabe, mais alguma surpresa

 

 

À semelhança dos passatempos anteriores, para se habilitarem a esta maravilhosa oferta têm apenas de fazer comentário neste post a dizer: "Eu quero o livro A Maldição do Marquês do Tiago Rebelo oferecido pela Bla e pela Asa/Leya".

Façam copy paste  para ser mais fácil

Serão aceites os comentários feitos até dia 28-11-2019 e o vencedor será anunciado aqui no blog no dia 29-11-2019.

Os comentários válidos serão numerados por ordem de entrada e depois será sorteado o nº através do sistema Random (https://www.random.org).

Boa sorte!

 

 

Sinopse

José Policarpo de Azevedo, criado de um dos fidalgos mais poderosos do reino, condiciona involuntariamente os mais dramáticos acontecimentos, que mudaram Portugal no século XVIII. 

D. José reina, mas delega todas as decisões no omnipotente marquês de Pombal, que trava uma guerra de morte com a velha nobreza e os padres jesuítas.

O terramoto que arrasa Lisboa, a revolta dos índios brasileiros e o atentado contra o rei são oportunidades históricas aproveitadas com exímia mestria política pelo maquiavélico marquês de Pombal para ganhar definitivamente o poder.

Mas, a todo o momento, a obscura figura de José Policarpo de Azevedo intromete-se nos planos do homem forte do reino, que inicia uma longa e implacável perseguição para o capturar e executar. 

O destino do único e misterioso sobrevivente do massacre dos Távora, mantido em segredo durante séculos, é finalmente revelado.

Baseado em factos verídicos «A Maldição do Marquês» é uma descrição imparável das intrigas palacianas e das lutas pelo poder; dos casamentos, das traições e das luxúrias na Corte de D. José; e também uma secreta e improvável história de amor capaz de sobreviver a todas as provações.

Com uma carreira literária de quase vinte anos, marcada por alguns dos títulos de maior êxito entre os autores portugueses deste século, Tiago Rebelo é um escritor de histórias empolgantes e de personagens consistentes e tocantes a que não se consegue ficar indiferente. Autor versátil, capaz de enveredar por diferentes géneros literários, regressa agora ao romance histórico com mais uma obra incontornável depois de sucessos como «O Tempo dos Amores Perfeitos», «O Último Ano em Luanda» e «Romance em Amesterdão», entre muitos outros . Os seus livros estão publicados em países como Angola, Moçambique, Brasil, Itália, Suíça, México, Argentina ou Roménia. 

A par da atividade literária, Tiago Rebelo tem uma longa carreira no jornalismo.

 

maldiçao.jpg

 

 

Bla bla bla

29
Out19

Vamos falar de...como aceder aos passatempos

Livro grátis... em breve!


Bla bla bla

 

Como já anunciei aqui, muito em breve irei lançar novo passatempo mediante o qual irei oferecer um livro.

Grátis.

E para se habilitarem apenas vai ser preciso fazerem um comentário no post do passatempo.

 

Para referencia futura deixo aqui como podem saber se está a decorrer algum passatempo ou consultarem os passatempos já decorridos.

 

 

Para consultarem os passatempos a decorrer no computador:

site para computador

 

site pc 3

 

 

Para consultarem os passatempos a decorrer no telemóvel:

 

site telemóvel 1

 

 

E depois

site telemóvel 2

 

 

Se fizerem scroll até ao fim da página também podem aceder aqui

site telemóvel 4

 

 

 

Para consultarem os passatempos já decorridos no computador:

 

site para computador 2

 

 

Para consultarem os passatempos a decorrer no telemóvel:

site para telemóvel 3

 

 

E pronto, para vos compensar da maçada deste post, divulgo já alguns detalhes do próximo passatempo.

  • Vai ter inicio no dia 31 de Outubro;
  • Vai decorrer até 28 de Novembro;
  • É de um escritor português;
  • O livro foi publicado este mês.

Palpites?!?

 

 

E mais não digo...por agora!

 

 

Bla bla bla

 

24
Out19

Vamos falar de... Pedro Chagas Freitas

e o meu romper com exclusões patetas


Bla bla bla

Não sou grande fã de estórias de amor com final feliz, daqueles que terminam com o par romântico de mãos dadas a ver o por do sol à beira mar depois de terem ultrapassado um qualquer obstáculo que ameaçava os alicerces da relação.

 

Não gosto que se fale e analise exaustivamente os sentimentos.

 

Nas minhas estórias preferidas o protagonista vive atormentado, morre ou vê morrer o objeto da sua paixão, há sempre mortos e solidão, há amores e ódios viscerais, e quando chegamos ao fim sentimos o coração um bocadinho pesado.

 

 

Por causa disso tenho o hábito de fugir de livros com saquinhos, fitinhas e purpurinas e da mesma forma também não me costumo aproximar de livros que contenham no título a palavra amor e seus derivados e variantes.

 

 

Mas, como já disse aqui várias vezes, este ano decidi-me a romper com todo o tipo de preconceitos e até mesmo a contrariá-los.

Nem sempre corre bem mas na maior parte das vezes admito que tenho vindo a ser surpreendida pela positiva.

 

E é por isso que venho aqui falar-vos do novo livro do Pedro Chagas Freitas, autor do qual ainda não li absolutamente nada.

 

 

Noutra vida, eu e o Pedro trabalhámos na mesma empresa; se lhe dissessem o meu nome ele não se lembraria de mim, se lhe mostrassem uma foto provavelmente juraria a pés juntos que nunca me viu mais gorda. 

Na altura eu era apenas uma gaiata insignificante, o meu trabalho consistia em levar cafés, atender telefones e pouco mais. Era tão invisível no meio de jornalistas, redatores, editores e escritores de alto gabarito que cheguei a temer ficar literalmente transparente.

Nunca levei café ao Pedro, ele nunca me pediu para lhe fazer uma chamada, nunca me pediu para fazer reservas em restaurantes ou hotéis, nunca me pediu um copo de água... na verdade, tenho quase a certeza de que ele nunca olhou para mim e não sabe portanto sequer que eu existo.

 

Por parvoíce minha, nunca li absolutamente livro nenhum de escritores que tal como eu tivessem tido o infortúnio de ter trabalhado naquela malfadada empresa.

Obviamente que esta resolução é uma parvoíce já que uma pessoa não é o reflexo de uma empresa ou de um trabalho; afinal também eu trabalhei lá e por muito triste que tenha lá sido isso não deveria de influenciar a minha opinião acerca das pessoas que também lá trabalharam.

 

 

Como já disse não li nada sobre o Pedro pelo que não tenho uma opinião formada mas pelo que já sabia, pelo que pesquisei e é do conhecimento publico, é um escritor proliferisíssimo, está envolvido em imensos projetos literários e de escrita criativa e é muito aclamado pela critica.

 

No próximo dia 29 de Outubro a LeYa/Oficina do Livro publicam o seu novo livro M#rda! Amo-te,

MERD.jpg

 

Caso queiram assistir ao lançamento do livro estão para já marcadas duas sessões:

  • Lisboa no dia, 29 de outubro, às 18h30, na FNAC Colombo, com Ana Rita Clara e Rui Miguel Mendonça;
  • Porto no dia 8 de novembro, às 21h, na FNAC Norteshopping, com Sónia Araújo e Rute Marinho.

PCF.jpgO ponto de partida é, como habitual no autor, desarmante: “o amor é a pior coisa do mundo e não há nada melhor.”

O livro conta a história de uma escritora de livros infantis e de um humorista, protagonistas de um romance que nos questiona: saberemos mesmo quem somos? Conhecemos mesmo a pessoa que amamos? E, afinal, o que somos capazes de fazer por amor?

 

 

Sinopse

Saberemos mesmo quem somos? Conhecemos mesmo a pessoa que amamos? E, afinal, o que somos capazes de fazer por amor? Uma história de amor arrepiante, viciante, emocionante.
Uma escritora de livros infantis e um humorista são os protagonistas de um romance que não vai conseguir parar de ler.

«Amo-te. Amo-te acima do que possas imaginar, acima do que eu conseguiria imaginar. Amo-te acima de tudo e preciso que fiques acima de tudo. Preciso que fiques para mim, para ocupares o espaço que egoisticamente reservei para ti. Ouve-me. Ouve-me bem. Ouve-me e percebe a dimensão da minha falha, a largura incomportável da fenda que nos separou tantas vezes. Não quis magoar-te. Nunca quis magoar-te. Só quis proteger-te, salvar-te de mim. Sou demasiado humano para que alguém como tu me ame. Julguei-me capaz de te fugir e cada vez ia ficando mais perto de ti, mais dentro de ti. Não te amo, posso dizer. Não te amo porque o que te sinto é como o que sou. Amo-me e tu és parte do que eu sou. Amo-te porque és eu, pode ser esta a definição que consigo agora. Desculpa.»

 

 

Vou tentar arranjar um exemplar para oferecer aqui (sem promessas!).

De qualquer modo, vou por este livro na minha lista de pedidos para o Pai Natal para o ler ainda este ano e romper assim definitivamente com esta mania parva de alienar livros/escritores por motivos infundados.

 

 

E vocês? Já leram algum livro do Pedro Chagas Freitas? Algum que recomendem mais?

 

 

Bla bla bla

23
Out19

Vamos falar de...brevemente

Passatempo: Livro grátis


Bla bla bla

brevemente.png

 

Mais um livro grátis. Sim grátis! Completamente grátis, sem portes nem nada.

Não precisam de preencher um formulário.

Nem seguir o meu blog.

Nem ir ao facebook, instagram ou outra cena do género.

É só mesmo deixar comentário no post do passatempo.

 

 

E participem por favor! Caso contrário qualquer dia não recebo mais livros para oferecer devido à fraca participação... e a culpa vai ser vossa... pelo que aviso já a todos os que passam aqui que se não participarem no próximo passatempo vou fazer uma macumba para vos causar pesadelos todas as noites em que vos dou com livros na cabeça ao som da música do bla bla bla do Banco CTT  Depois não digam que não avisei!

 

 

Bla bla bla

23
Set19

Vamos falar de... Passatempo:o Resultado!

Devo-te a Felicidade, Sophie Kinsella


Bla bla bla

Estão todos em pulgas para saber quem é o vencedor do passatempo não é?!

 

 

Não sabem do que estou a falar? Bolas! Já falei disso aqui, aqui e aqui! E ainda aqui!

 

 

Pois então, o vencedor do livro da Leya/Quinta Essência Devo-te a Felicidade escrito pela Sophie Kinsella é...

 

 

Rufem os tambores!!!

 

 

random-kinsella.png

 

 

 

Quem ficou com o nº 11 ???

 

 

#11.png

 

#11 Patrícia Marques muitos parabéns!!!

Por favor envia-me para o email vamosfalarde.sapo@sapo.pt os teus dados (Nome, Morada e Código Postal) para que te possa enviar o  livro

 

 

Para os restantes, tentem para a próxima!

Quanto mais pessoas concorrerem mais livros irei ter para oferecer e logo mais oportunidades terão vocês também de ganhar!

 

 

Bla bla bla

20
Set19

Vamos falar de...passatempo:ÚLTIMO DIA!!!

Devo-te a Felicidade, Sophie Kinsella


Bla bla bla

Para os que andam mais distraídos relembro que estou a oferecer este livro

felicidade.jpg

 

As inscrições terminam hoje!

 

Para se habilititarem basta irem a este post aqui e deixarem lá o comentário conforme as instruções.

 

Boa sorte!

 

Bla bla bla

 

10
Set19

Vamos falar de...Devo-te a Felicidade, Sophie Kinsella

Passatempo: Oferta de livro


Bla bla bla

Sou fã da Sophie Kinsella. Comecei por ler a saga Shopaholic (Louca por Compras) e li todos os outros depois.

A quem viu o filme, deixo o apelo a que por favor não julguem os livros dela por esse filme que fica muito áquem da escrita dela.

 

 

Os livros da Kinsella são de leitura leve e sempre muito divertidos.

A escrita dela é muito fluída e conseguimos entrar facilmente na cabeça da personagem. Chega a ser caricato, porque vemos a personagem a meter-se em sarilhos e percebemos perfeitamente como é o raciocínio a levou lá. Faz sentido. Apetece-nos gritar "Nãaaaao! Não faças isso!" mas, percebemos o porquê das pesrsonagens agirem de determinada forma.

 

 

Os livros dela têm sempre a mesma linha ou base.

A personagem principal, meio trapalhona, e que acaba sempre por se ver envolvida em alguma espécie de imbróglio.

Há sempre uma paixão que à primeira vista parece improvável.

E no fim, acaba tudo por se resolver, ainda que nem sempre livre de consequências.

Contudo, nem por isso os livros dela se tornam aborrecidos e previsíveis, porque há sempre surpresas e situações inesperadas.

 

 

Se tivesse de definir os livros da Sophie Kinsella numa só palavra seria REFRESCANTE.

É impossível não rir com os livros dela.

 

 

Foi portanto o último livro desta escritora que eu escolhi para o meu primeiro passatempo em parceria com a LEYA e da qual já falei aqui.

 

Confesso que costumo ler os livros dela na versão original, em inglês, porque há muitos anos li um dos livros dela na versão portuguesa e odiei a tradução, que não correspondia de todo ao original e que me parecia adaptado para poder ser vendido em Portugal e no Brasil, para agradar ás duas variantes da língua Portuguesa.

Embora não possa atestar com toda a certeza porque confesso que não li este em versão PT, tive o cuidado de confirmar que a pessoa responsável pela tradução agora não é a mesma (nem a editora, btw) pelo que já não deverá haver este problema.

 

 

Eu comprei e li nas férias este:

iownu1.jpg

 

Para vocês tive o cuidado de arranjar a versão portuguesa:

 

felicidade.jpg

 

Em Devo-te a Felicidade conhecemos a Fixie, uma rapariga que tem a compulsão de ter tudo em ordem embora tenha bastante dificuldade em equilibrar a sua própria vida. Apesar de ela tratar dos problemas à sua volta, não consegue resolver os dela, acabando por acreditar que não merece mais do que já tem.

Fixei deixa-se ainda menosprezar pela família, mais em concreto pelos seus irmãos, e sente uma paixão platónica e tóxica por Ryan desde a adolescência.

 

Mas o inesperado acontece quando casualmente conhece Sebastian e lhe faz um favor, o qual gera uma sucessão de favores que ambos acabam por dever e pagar um ao outro.

 

É um livro que retrata muito as relações familiares (nem sempre fáceis) e que nos leva a pensar que às vezes a melhor ajuda que podemos dar aos outros é deixá-los aprender por eles mesmos.

 

 

Estão vocês a pensar "Ah e tal Bla bla, isso é muito giro e coiso, mas a gente quer saber é como é que temos o livro grátis!"

Vamos então ao que interessa: Tenho 1 livro para oferecer e para tal só tem de deixar um comentário neste post a dizer "Eu quero o livro Devo-te a Felicidade da Sophie Kinsella oferecido pela Bla e pela Quinta Essência da Leya".

Façam copy paste  para ser mais fácil

Serão aceites os comentários feitos até dia 20-09-2019 e o vencedor será anunciado aqui no blog no dia 23-09-2019.

Os comentários válidos serão numerados por ordem de entrada e depois será sorteado o nº através do sistema Random (https://www.random.org).

Portanto se querem este livro toca a comentar e boa sorte!

 

 

Adicionalmente e para a malta das redes sociais podem (e devem) ir à pagina do facebook aqui onde a editora costuma postar novidades e ofertas.

 

Se não conseguirem ser os felizes contemplados desta oferta mas quiserem comprar este livro também podem fazê-lo aqui.

 

 

Sinopse

Fixie Farr tem uma compulsão terrível: a de arranjar tudo… Seja a endireitar de um quadro, tratar de uma nódoa quase invisível ou auxiliar um amigo em apuros, ela é simplesmente incapaz de não agir. O mesmo se aplica ao negócio de família que gere com os irmãos, ainda que, em segredo, sinta por vezes que tudo recai sobre si. E quando um belo desconhecido lhe pede para ela olhar um instante pelo seu computador portátil, não é de admirar que ela diga que sim. Agradecido, Sebastian acaba por lhe rabiscar uma nota de dívida (que, evidentemente, ela não irá cobrar). Ou será que vai? É que Ryan, por quem Fixie tem um fraquinho, precisa de ajuda. E quem melhor do que Sebastian para o ajudar? Só que agora é ela que tem uma dívida para com ele e Fixie não está habituada a ver-se nessa situação. Após uma sucessão de notas de dívida, de favores insignificantes e ajudas preciosas… Fixie depressa dá por si dividida entre o passado confortável e o futuro que julga merecer. Terá ela coragem de "dar um jeito" à sua própria vida e lutar por aquilo que verdadeiramente quer?

 

 

logo_quinta_essencia_6zk2xc4k.png

 

 

Bla bla bla

09
Set19

Vamos falar de...novidades

Passatempo


Bla bla bla

Provavelmente já não se lembram ou não prestaram a devida atenção, mas neste post aqui (pronto não vos obrigo a ir ler, vou já citar!) eu disse o seguinte:

"Os livros:

  • li os 6 a que comprometi e irei falar deles aqui no blog oportunamente e, quiçá , com novidades que aprazerão a todos a alguns.   "

 

Falei em novidades... ninguém com curiosidade para saber quais?!?

 

Não? Mas eu conto à mesma.

A verdade é que agora tenho uma editora parceira   e vocês é que ganham com isso.

Selo-Parceiros-Leya 2019.png

Ganhar? Como? (O quê nem importa não é seus gulosos?! Se é borla até posso estar a oferecer cascas de amendoins que vocês querem)

 

Obviamente que o podem ganhar são livros! Grátis!

 

Como? Não podem saber tudo de uma vez não é? Perdia a graça. Mas não se preocupem que estes meus passatempos à partida não hão-de implicar muito mais do que um comentário.

 

Deixo mais uma dica: o primeiro livro que vou oferecer  é um dos que li nas férias e dos quais ainda não fiz a resenha aqui no blog

 

 

Bla bla bla