Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vamos falar de... Bla bla bla

Vamos falar de... Bla bla bla

31
Dez19

Vamos falar de...Resoluções de Ano Novo


Bla bla bla

Apesar da minha mania de ter mil e uma listas para tudo e mais alguma coisa, não faço nem nunca fiz uma lista de resoluções para o Ano Novo.

 

Também não peço os 12 desejos à meia-noite.

Odeio passas e só consigo obrigar-me a engolir as estritamente necessárias, que são quatro: duas para desejar saúde e felicidade para as minhas crianças, uma a desejar que me mantenha feliz com o meu amor, e outra a desejar que seja o ano em que finalmente consiga equilibrar a minha balança financeira.

 

Esqueço-me sempre da porra das cuecas azuis.

Se tiver dinheiro no bolso provavelmente são trocos.

Não arrisco a subir para cima da cadeira depois de um jantar bem regado.

 

E vocês? Quais as vossas resoluções para 2020? E que tradições têm vocês para que o novo ano vos traga sorte?

 

 

Bom ano para todos!

Que 2020 vos traga felicidade e saúde, que não sendo tudo é contudo o principal!

Boas festas

 

 

Bla bla bla

 

24
Dez19

Vamos falar de...Feliz Natal!


Bla bla bla

Não podia vir deixar de desejar um Feliz Natal!

 

Porque  esta é quase uma segunda casa.

 

Porque vocês são quase uma 3ª família (considerando que a 1ª família é aquela em que se nasce, a 2ª família é aquela que se escolhe...esta 3ª nem sei ao certo como definir)

 

Festas felizes para todos!!!  

Divirtam-se! Com boas festas

NATAL.gif

 

Bla bla bla

 

 

20
Dez19

Vamos falar de...Desafio dos Pássaros #15

O Pai Natal decidiu reformar-se e as entrevistas começam esta semana. Descreve uma dessas entrevista


Bla bla bla

SantaJesus.jpg

 

Rena Rudolfo: Boa tarde, eu sou a Rena Rudolfo, sou responsável pelo departamento de Recursos Humanos do Polo Norte e estou encarregue das entrevistas e contratação do substituto do Pai Natal que decidiu reformar-se este ano.

Fale-me um bocadinho de si.

... (silêncio)

Rena Rudolfo: Oi?!? Está a ouvir-me?

Jesus: Desculpe! Distraí-me com o seu nariz...

Rena Rudolfo: Sim... acontece a toda a gente. É vermelho e ilumina imenso. Á conta disso até há um hotel com o meu nome no Red Light District em Amesterdão. Houve um engraçadinho que teve a brilhante ideia de se lembrar desta analogia.

Mas avancemos que ainda tenho muitos candidatos por entrevistar. Tem aqui um par de óculos escuros para não ficar ofuscado.

Fale-me então de si. Porque é que se decidiu candidatar a esta posição?

Jesus: Bem eu sou Jesus, e esse é na realidade o meu dia.

Rena Rudolfo: Como assim o seu dia?

Jesus: O Natal é celebração do dia do meu nascimento.

Rena Rudolfo: Então acha que está habilitado só porque faz anos no dia Natal?

Jesus: Não, eu estou habilitado porque eu sou Natal!

Rena Rudolfo: Pfff...Mais um com as manias de grandeza! Olhe lá eu ouvi dizer que na verdade você nem nasceu em Dezembro mas sim em Março!

Jesus: É verdade mas a conveniência ditou que fosse institucionalizado que o meu nascimento seria celebrado em Dezembro e por isso assim é há mais de 1300 anos.

Rena Rudolfo: Pfff! Então joga a carta da antiguidade.... muito bem! Então e como é que encara o desafio de ter de entregar prendas a todas as crianças do mundo numa só noite?

Jesus: Bem eu sou omnipresente...

Rena Rudolfo: Pensava que esse era o seu pai.

Jesus: Herdei dele.

Rena Rudolfo: Então e os presentes?

Jesus: Vou oferecer amor.

Rena Rudolfo: Não pode ser!

Jesus: Porquê?

Rena Rudolfo: Porque os presentes a oferecer são para crianças e não queremos ser acusados de pedofilia.

Jesus: Queria dizer amor no coração!

Rena Rudolfo: Amigo, estamos no século XXI, já ninguém oferece isso.

Jesus: Então o máximo que posso fazer numa só noite é oferecer brinquedos apenas a alguns... para equilibrar por nem todos terem direito a receber presentes os que receberem receberão presentes excessivamente caros com provavelmente brincarão apenas nos primeiros dias.

Para os mais novos poderão ser brinquedos de plástico em embalagens com o dobro do tamanho e imagens glamorosas para dar uma ilusão de grandeza.

Para os mais velhos, algo digital que ocupa menos espaço, e altamente viciante para os deixar completamente alienados de tudo o resto.

Rena Rudolfo: Não diga mais! ESTÁ CONTRATADO!

 

 

Imagem daqui

 

 Bla bla bla

 

 

 

 

06
Dez19

Vamos falar de...Desafio dos Pássaros #13

Reescreve o final dum filme


Bla bla bla

 

titanic.gif

 

Titanic...

Lembro perfeitamente que quando vi este filme, que já é um clássico e que arrebatou toda a gente, não pude deixar de pensar que o Jack podia ter sobrevivido.

 

A água estava gelada para catano, só havia uma tábua. Mas a puta da Rose podia ir trocando com ele, iam-se revezando e assim até aqueciam com o movimento (digo eu). Acho que toda a gente pensou isto certo?

 

E se o Jack tivesse sobrevivido? O que lhes teria acontecido?

Dizem vocês que teriam envelhecido juntos, a andar a cavalo e a escarrar contra o vento. Iam ter um "amor para a vida toda" como o da Deslandes, iam ser muito felizes, livres das convenções sociais e perdidamente apaixonados.

Só que não.

 

Na realidade, se o Jack tivesse sobrevivido eles iam ficar juntos, sim senhora, mas a Rose ia começar a ganhar-lhe um rancor de morte por se ter visto privada dos luxos a que desde o berço estava habituada.

Ia farta-se das aspirações do Jack de se tornar um artista de renome, o Picasso da América, e ia rezar para que ele arranjasse um trabalho de arcaboiço que trouxesse sustento para a casa e ao mesmo tempo o ajudasse a perder a pancita de casado que ele começou a acumular com o passar dos anos.

Ela ia ficar balofa fruto das várias gravidezes e com o passar dos anos as incursões do casal em charretes alheias diminuiriam amiúde.

O culminar seria quando a Rose chegasse a casa com um rol de crianças alapadas à saia e encontrasse o Jack enrolado com a prostituta perneta que ele dizia que só gostava pelas mãos.

Mas ficaram juntos mesmo assim, que eram tão pobres que não poderiam separar-se.

O Jack morreu já velhote com uma cirrose. A Rose morreu de ataque cardíaco quando descobriu o fio com o diamante azul gigante no bolso de um casaco velho e puído, que a ter encontrado mais cedo podia ter posto no penhor e evitado uma vida inteira de penúrias.

 

Bla bla bla

05
Dez19

Vamos falar de...


Bla bla bla

 

Já não é a primeira que fico com dúvidas acerca deste blog.

 

Ninguém da minha esfera pessoal sabe que ele existe.

E querendo que o blog permaneça anónimo encontro algumas limitações para escrever já que escrevendo sobre situações mais especificas corro o risco de ser reconhecida e identificada.

Não sei onde pretendo chegar ou até se pretendo chegar a algum lado. 

 

 

O que não esperava era encontrar pessoas de quem gostasse muito.

Há pessoas que transmitem uma certa energia, uma vibração ou outra coisa qualquer que por alguma razão combina com a nossa.

 

A primeira pessoa com quem senti isso foi com uma rapariga que não tem blog mas que costuma visitar este e outros tascos e que ás vezes deixa alguns comentários. Começamos a trocar emails. Depois mensagens. Hoje falamos praticamente todos os dias.

Nunca nos vimos pessoalmente porque estamos longe mas os nossos corações estão perto e ficámos AMIGAS

 

 

A outra pessoa faz anos hoje!

parabens.gif

Sigo o seu blog desde que inicie o meu. Gosto tanto de o ler que quando não publica nada de novo vou cuscar posts antigos.

Primeiro encantou-me a sua maneira de escrever, o seu humor mordaz e a sua sinceridade.

Trocámos emails, comentários, mensagens...

 

Mas o verdadeiro clic senti quando o vi pela primeira vez.

Fiquei a vê-lo por uns momentos e encantei-me com a sua simpatia genuína, com a paciência, a atenção, com a luz e paz que transmitia. Soube naquele instante que íamos ser amigos, que não há nada que não lhe possa contar, que não preciso de lhe explicar tudo o que já se passou na minha vida nem saber o que se passou na dele porque vamos sabendo, vamos intuindo...

 

 

Desde que estas duas pessoas entraram na minha vida sinto que o meu objetivo em ter criado este blog está concluído, que não tenho mais nada para escrever, que isto já não me vai acrescentar nada.

Mas não vou desistir, pelo menos para já, embora não saiba bem que rumo dar a isto...

 

 

Não sou uma pessoa espiritual nem muito lamechas e isto já está a sair dos eixos e do meu registo portanto vou já postar antes que me arrependa e num fanico apague tudo.

 

 

Portanto em suma:

Para a primeira pessoa de que falei aqui: as melhoras!

getwellsoon.gif

 

Para o segundo: PARABÉNS e que tenhas um dia feliz! 

Lembra-te que na década dos 30 não se envelhece, matura-se  

happybday.gif

 

 

Bla bla bla